revistadestaque@terra.com.br
(67) 3384-4384

Três empresas vão disputar reforma dos terminais de ônibus da Capital

Locais terão carregadores de celulares e guarita 24 horas

13 de Setembro de 2019
16:30
Divulgação

Aviso de resultado de habilitação das três empresas que poderão disputar a reforma dos três terminais de ônibus foi divulgada na edição do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) desta sexta-feira (13). O valor da licitação é de R$ 2,3 milhões para reformar o terminal Bandeirantes, Guaicurus e Júlio de Castilho. De acordo com o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Janine de Lima Bruno, os recursos serão provenientes do convênio da prefeitura com a empresa que administra os estacionamentos rotativos, a Flex Park. As três empresas que vão disputar a obra são: Construtora Paulo Barbosa Eireli EPP, LT Construções e Comércio LTDA e NXS Engenharia Eireli. Os três terminais receberão guaritas em que agentes da Guarda Civil Municipal ficarão permanentes, fazendo a ronda, por 24 horas para impedir o vandalismo. “Reclamam que está estragado, mas se concertamos, no outro dia já não tem nem o vaso sanitário. Eles levam tudo e quem não tem culpa acaba pagando por isso”, declarou Janine, sobre os constantes vandalismos que acontecem nos terminais. Além das guaritas, os locais vão receber bancos novos, lâmpadas de LED, pontos de recarga para celulares, lixeiras seletivas, locais para estacionar bicicletas, bebedouros, piso tátil para acessibilidade, e novos letreiros que também terão informações para deficientes visuais sobre os embarques e desembarques. O certame será disputado pelas três empresas que foram habilitadas pela prefeitura. A estrutura elétrica e hidráulica, bem como novas grades de proteção também fazem parte da reforma. Fonte: Correio do Estado

Matéria não encontrada!