revistadestaque@terra.com.br
(67) 3384-4384

Clássico e mais quatro jogos acontecem pela 28ª rodada do Brasileirão

Corinthians enfrenta o Santos, após cinco derrotas

26 de Outubro de 2019
12:00
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Campeonato Brasileiro série A terá cinco partidas pela 28ª rodada neste sábado (26) com destaque para a partida entre Corinthians e Santos, às 16h (horário de Mato Grosso do Sul), na Arena Corinthians, em São Paulo. A rodada continua com o Ceará enfrentando o Vasco, no estádio Castelão, em Fortaleza (CE), também às 16h. Já o jogo entre Bahia e Internacional acontece às 18h, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). No Maracanã, no Rio de Janeiro, o Fluminense recebe a Chapecoense a partir das 18h30. Às 20h jogam Cruzeiro x Fortaleza no Mineirão, em Belo Horizonte. AMANHÃ No domingo (27), a 28ª rodada do campeonato começa às 15h (horário de MS) com três partidas. O São Paulo enfrenta, em casa, o Atlético-MG, no Morumbi. Já em Curitiba (PR), o Athletico Paranaense recebe o Goiás, na Arena da Baixada. O carioca Botafogo vai até a casa do Grêmio enfrentá-lo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). Ainda no sul do Brasil, às 17h, o Avaí encara o Palmeiras na Ressacada, em Florianópolis (SC). Por fim, na última partida da 28ª rodada do Brasileirão, o líder Flamengo encara o Csa de Alagoas, no Maracanã, às 18h. CLÁSSICO DO SÁBADO O confronto entre o Corinthians e o Santos traz duas equipes em momentos diferentes, mas brigando na mesma faixa de classificação do campeonato. O Timão está a cinco jogos sem vencer e o momento é de contestação sobre a equipe e trabalho do técnico Fábio Carille, que está na quinta posição da tabela. Para este sábado, o time não poderá contar com Fagner e Bruno Méndez, suspensos pelo terceiro amarelo. Michel Macedo ocupará a lateral direita. Já o Santos tem dias de tranquilidade quanto ao que time e técnico entregam. Antes de ser derrotado pelo Atlético-MG, no último domingo, o Peixe vinha de seis jogos sem perder. A única baixa do elenco do técnico Sampaoli é Lucas Veríssimo, suspenso pelo terceiro amarelo que tomou contra o Galo. Fonte: Correio do Estado

Matéria não encontrada!