revistadestaque@terra.com.br
(67) 3384-4384

Operação Laburu na madrugada achou lanche estragado e arma roubada de militar

Assaltante abandonou revólver depois de atirar no próprio pé

06 de Dezembro de 2019
14:00
Foto: Divulgação/PM

Em mais uma edição da operação Laburu, na região da antiga rodoviária, policiais recuperaram um revólver que havia sido roubado de um militar. Segundo informações da Polícia Militar., A arma estava escondida na casa da namorada de um adolescente de 17 anos. O garoto a pegou depois que o assaltante, de 22 anos, deu um tiro no pé e abandonou o objeto. O ladrão foi para a Santa Casa, passou nome falso aos atendentes da unidade de saúde, mas a polícia conseguiu localizá-lo. Ele foi preso. Não há informações sobre o seu estado clínico. Anel, corrente e o relógio que também pertenciam ao militar roubado foram achados em um trailer que vendia lanches estragados. O dono tem 53 anos e foi autuado. A Laburu é feita semanalmente e pela primeira vez foi durante a noite. Foram abordadas 145 pessoas, das quais 11 tinham alguma pendência e precisaram ser encaminhadas à delegacia. Entre elas havia um fugitivo do sistema prisional. Houve um flagrante por tráfico de drogas e o dono do trailer por receptação. O comerciante também foi autuado por vender produtos impróprios para consumo. Foram apreendidos também pequena quantidade de drogas e recuperada uma moto que também havia sido roubada. EPISÓDIOS A Operação Laburu tem o objetivo de reduzir a criminalidade no entorno do antigo terminal, tendo motivado algumas situações inusitadas, como a vez em que um suspeito resistiu à prisão, levou um tiro no pé e protagonizou uma fuga cinematográfica pelas galerias embaixo da Rua Maracaju, por onde passa um córrego canalizado. De volta à superfície, o homem correu com o pé sangrando por alguns metros e convenceu uma pedestre a chamar um Uber para ele. A polícia, ao persegui-lo, pegou o celular e combinou com o motorista de levar o passageiro até um local onde ele era aguardado por várias equipes. O suspeito ainda tentou escapar mais uma vez por cima dos telhados antes de ser detido. Levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), foi constatado que a situação do pé dele era tão grave que seria necessário uma cirurgia, isso sem contar os altíssimos riscos de infecção pelo contato da água suja com o ferimento. No dia 28 de novembro, mais uma edição da Laburu, uma adolescentes de 14 anos que havia sido dada como desaparecida três dias antes em Sidrolândia foi encontrada. A jovem foi encaminhada para a Delegacia Especializada em Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) e, posteriormente, para uma casa de internação. Fonte: Correio do Estado

Matéria não encontrada!