revistadestaque@terra.com.br
(67) 3384-4384

Em 30 dias, prefeitura arrecada mais R$ 25 milhões com o IPTU

Segunda oportunidade para pagar à vista terminou no dia 10

12 de Fevereiro de 2020
15:30

A segunda oportunidade para pagar à vista o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Campo Grande, mas com um desconto menor, gerou mais R$ 25 milhões de receita ao município. Desde que os carnês deste ano chegaram às casas dos contribuintes, R$ 288 milhões já entraram nos cofres públicos. A informação é do secretário de Finanças do município, Pedro Pedrossian Neto. No dia 10 deste mês, encerrou-se a oportunidade de pagar o imposto à vista com 10% de desconto. Em 10 de janeiro, quando o desconto para quem paga à vista é de 20%, entraram R$ 263 milhões nos cofres da prefeitura na ocasião. Somente no dia 10 de janeiro, pouco mais de R$ 100 milhões foram arrecadados. De agora em diante, o município deve contar com a receita do pagamento parcelado, que também tem desconto sobre o preço cheio do IPTU: 5%. A meta da prefeitura de arrecadar aproximadamente R$ 600 milhões. A intenção de Pedrossian é fazer com que neste ano, o volume de inadimplência de 2019, que atingiu R$ 100 milhões, não se repita. “Esse valor é elevado, no ano interior também foi alto e vem sendo assim nos últimos 5 anos, destoa um pouco da média de Campo Grande. A gente associa esse fato a crise financeira do país, as pessoas estão com dificuldade acabam optando por outras despesas consideradas prioritárias a essas famílias”, explicou. No ano passado, a prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 526 milhões com a cobrança do IPTU. Fonte Correio do Estado

Matéria não encontrada!