revistadestaque@terra.com.br
(67) 3384-4384

Nova York tem longas filas no primeiro dia de votação presidencial antecipada

Sistema eleitoral dos EUA permite escolher o candidato antes da data oficial da corrida, no dia 3 de novembro. Eleitores esperaram horas para votar e imagens de filas gigantescas foram registradas.

24 de Outubro de 2020
18:18
Foto: Jeenah Moon/Reuters

A cidade de Nova York registrou longas filas no primeiro dia de votação antecipada para presidente, neste sábado (24). A data oficial da corrida eleitoral é dia 3 de novembro, mas a possibilidade de escolher o candidato antes da faz parte do sistema eleitoral dos Estados Unidos (EUA). Eleitores esperaram horas para votar e imagens de filas gigantescas foram registradas. Cerca de 56 milhões de americanos já registraram seu voto antecipado este ano. A pressa para votar está levando especialistas em eleições a prever que um recorde de 150 milhões de votos pode ser batido – e as taxas de participação podem ser maiores do que em qualquer eleição presidencial desde 1908. Diferente do Brasil, o voto não é obrigatório nos Estados Unidos, e, lá, os eleitores também podem escolher o candidato antes da data oficial das eleições, inclusive enviando o voto pelo correio. O país usa cédulas de papel. Até a semana passada, segundo a agência de notícias Associated Press, o comparecimento foi desigual, com os democratas vencendo os republicanos por uma proporção de 2 a 1 nos 42 estados incluídos na contagem. Fonte: G1

Matéria não encontrada!